Entrevista a Adérito Sá Fernandes, CEO da Alma Braguesa (Revista Spot)

list Em: Midia Publicado: comment Comentário: 2 favorite Hit: 1096

A ALMA DE UMA FAMÍLIA QUE TRAÇOU SEMPRE NOVOS CAMINHOS

Tem na alma a essência de uma marcenaria que nos faz viajar até às memórias de outros tempos. Hoje é atelier de arquitetura e design de interiores, com produção própria de mobiliário, e projetos espalhados por Portugal e pelo mundo. A história da Alma Braguesa é sobretudo a história de uma família que sempre se adaptou a um mercado que cedo lhe percebeu a mensagem. Em tempos de nova mudança, a grande novidade é a loja online e o lançamento da linha Essential. Pelo caminho, a aposta no mercado hoteleiro, com a Alma Hotels, entre outros rumos revelados por Adérito Sá Fernandes, CEO da empresa, em entrevista à Spot…


Estes são tempos de grande mudança?

Sim, estes são sobretudo tempos de adaptação. Temos atualmente mais de meia dezena de obras a decorrer, uma delas em Paris, alguma delas com caraterísticas bem específicas, como uma intervenção num hotel cinco estrelas. Procuramos não parar, fazendo o contacto com o cliente através de videoconferências, ou mesmo email. A nível de obra, articulamos toda a equipa, que nos vai fazendo chegar relatórios detalhados, criando, além disso, organogramas semanais para que tudo vá correndo dentro da normalidade possível.

E o acompanhamento de novos projetos?

Está a acontecer à distância, temos novos projetos todas as semanas. Os clientes fazem-nos chegar o material de que necessitamos para arrancar, realizamos um contacto inicial para fazer o levantamento do plano de necessidades e a partir daí desenvolvemos o projeto, sempre com acompanhamento e contacto constante.

“…desejo que as pessoas comprem produtos portugueses e que percebam que a fast furniture pode não ser uma solução assim tão rentável a longo prazo.”

Sente que agora, mais do que nunca, há uma maior valorização do vosso trabalho?

Sem dúvida, as pessoas estão a valorizar mais as suas casas. Quando esta pandemia começou fizemos por terminar imensas obras que tínhamos em curso e o feedback relativamente a esses trabalhos não podia estar a ser mais positivo. Recebemos constantemente mensagens de clientes que nos agradecem por estarem, neste momento, a conseguir tirar partido das suas casas e isso é extremamente reconfortante para nós.

Essa é, aliás, a vossa grande essência. Cada novo projeto é uma história contada?

Cada projeto é a essência, a alma do cliente e por isso uma das nossas linhas se chama precisamente Alma, por ser 100% personalizável, ou seja, criada de raiz tendo em conta as necessidades, gostos pessoais e aspirações daquela pessoa específica. Temos também uma linha muito especial chamada Memory, que consiste em reutilizar peças antigas de família, dando-lhes, por vezes, uma nova roupagem. Uma casa é uma vivência, uma memória e por isso é tão importante contar a história daquela família com estes pormenores.

Vamos criar agora, com a nossa loja online, a linha Essential, uma das nossas grandes novidades para 2020.

A nova linha Essential será, por assim dizer, o rosto da vossa loja online?

Sim, por se tratar de uma linha mais standard, que não perde, no entanto, aquela que é a nossa linguagem de detalhe.

Trata-se de mobiliário com design, com custos controlados. No fundo os ‘básicos’ que compõem um espaço e que partilham, de certa forma, esta personalidade da Alma Braguesa.

É um pouco menos personalizada do que as outras linhas, mas o resultado final é bastante interessante e em nada tem a ver com um conceito de fast furniture, mas sim uma linha que procura responder às necessidades mais padronizadas dos clientes. Vai estar disponível na nossa loja online e também poderá funcionar como um cartão-de-visita para o nosso trabalho, ou seja, se o cliente pretender personalizar, temos disponíveis as restantes linhas. A ideia é democratizar o acesso ao design de interiores.

A vossa é também uma história de família. A capacidade de adaptação esteve sempre no vosso adn?

Sem dúvida, é talvez uma das nossas principais caraterísticas. O meu pai era marceneiro e tudo começou pela marcenaria. A Alma Braguesa soube sempre adaptar-se às necessidades do mercado. Tem a sua génese na ABF interiores, fundada em 1997. Mas a necessidade de adaptação às exigências do mercado e a entrada da nova geração, com conhecimentos adquiridos ao longo dos anos, tornaram possível este crescimento com novas ideias e formas de pensar que fizeram surgir uma Alma Braguesa que ainda hoje está em constante adaptação.

Exemplo disso é a nossa recente aposta na área hoteleira, com a Alma Hotels. Estamos neste momento com uma grande obra num hotel de cinco estrelas. No fundo vamos acompanhando o mercado e as suas solicitações e por isso hoje oferecemos um vasto leque de opções ao cliente, desde design de interiores, mobiliário, carpintaria, cozinhas, criando um conceito original de ‘salas de cozinhar’, entre muitos outros.

Quem são os rostos por detrás deste trabalho?

Nos nossos projetos, oferecemos um serviço integrado com uma equipa multidisciplinar, com o objetivo de fornecer uma resposta o mais assertiva possível, de acordo com os desejos dos nossos clientes. Temos uma grande equipa, desde o atelier de design e arquitetura próprio, à produção de cada peça, cada detalhe, cada pormenor. Criamos mobiliário personalizado, mas fazemos também remodelação de Interiores e obras integrais em que é necessária toda uma equipa de pichelaria, instalação elétrica, pladur, carpintaria, estofo, recuperação de mobiliário, etc.

E como se gere esta grande equipa?

Aprendendo com quem sabe. Aprender com um bom colocador de azulejos é muito importante para perceber se a minha ideia vai resultar ou não. É essencial aprender com a equipa, procurar novos materiais e estar sempre em busca de novos parceiros.

A Porcelanosa, por exemplo, é um dos nossos parceiros para o mercado de luxo, mas estamos sempre à procura daquilo que melhor se adequa a cada projeto, daí a necessidade de realizarmos novas parcerias, como a que criámos recentemente com a Beca Brasil.

Há muito ainda para fazer este ano?

Tal como todos os empresários, estava com imenso receio quando toda esta pandemia começou, mas felizmente temos conseguido ultrapassar a situação.

Para breve a loja online e o desejo de que as pessoas comprem produtos portugueses e que percebam que a fast furniture pode não ser uma solução assim tão rentável a longo prazo. Na Alma Braguesa, cada projeto é mais do que uma casa, mais do que um espaço. E hoje, mais do que nunca, esperemos que os nossos clientes tirem o máximo de proveito daquilo que construímos com tanto carinho…com alma.

Tags relacionadas

Comentários

Criado em Quarta, Junho 17, 2020 Publicado por ha cong tien Link do comentário
At Nulla id tincidunt ut sed semper vel Lorem condimentum ornare. Laoreet Vestibulum lacinia massa a commodo habitasse velit Vestibulum tincidunt In
Criado em Quarta, Junho 17, 2020 Publicado por ha cong tien Link do comentário
At Nulla id tincidunt ut sed semper vel Lorem condimentum ornare. Laoreet Vestibulum lacinia massa a commodo habitasse velit Vestibulum tincidunt In

Escreva um comentário

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Registar

Registar uma nova conta

Já tem uma conta?
Entrar ou alterar password